Santos leva susto, mas vence o Fluminense na Vila e segue 100% no Brasileirão - PORTAL ANGÉLICA - Seu Portal de Notícias

22º min
32º min


Santos leva susto, mas vence o Fluminense na Vila e segue 100% no Brasileirão

Publicado em: 03/05/2019 às 07h50

- gazeta esportiva

Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

O Santos venceu o Fluminense por 2 a 1 na noite desta quinta-feira, na Vila Belmiro, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O gols foram marcados por Eduardo Sasha e Carlos Sánchez, na etapa final. Pedro descontou no fim.

Com 100% de aproveitamento após dois jogos, o Peixe ocupa a terceira colocação, atrás de São Paulo e Atlético-MG por causa dos critérios de desempate. O Tricolor das Laranjeiras é o penúltimo, depois de duas derrotas.

Na próxima rodada, o Santos enfrentará o CSA, domingo, em Maceió. O Fluminense visitará o Grêmio, no mesmo dia, em Porto Alegre.

O JOGO

No duelo de duas equipes na busca por um futebol bem jogado e com a posse de bola, faltou o gol no primeiro tempo.

O Santos foi melhor, mas desperdiçou chances e sofreu nos contra-ataques. Tanto o Peixe quanto o Fluminense erraram nas tomadas de decisão e desperdiçaram os espaços encontrados.

Sánchez e Eduardo Sasha tiveram as melhores chances do Alvinegro. Aos 7, o uruguaio recebeu lançamento de Gustavo Henrique e cabeceou torto. No minuto 45, o atacante perdeu tempo de bola após cruzamento de Sánchez.

A melhor oportunidade do Flu veio com Luciano. Gilberto chutou cruzado, mas o atacante chegou atrasado no segundo pau.

VITÓRIA DO PEIXE

O segundo tempo começou morno, mais truncado, com cara de zero a zero. Mas Rodrygo, o melhor do Santos, seguia tentando tirar o zero do placar. E conseguiu, aos 19 minutos.

Depois de boa jogada do camisa 11 pelo lado direito, a bola sobrou para Eduardo Sasha bater de primeira, no ângulo, para fazer o primeiro no jogo e o segundo no Campeonato Brasileiro.

O Peixe não parou de atacar. Aos 26, Jean Lucas acertou a trave de fora da área. No minuto 27, Pituca também acertou a trave, mas Sánchez aproveitou o rebote e fez o segundo.

Insaciável, o Alvinegro quase fez o terceiro com Jorge, em chute colocado para boa defesa de Rodolfo, aos 32, e novamente com Rodrygo, no minuto 37, em outra grande intervenção do goleiro tricolor.

E quando o cenário parecia de uma goleada, Pedro apareceu. O centroavante do Flu voltou a marcar depois de grave lesão no joelho, e colocou fogo no jogo aos 39. Everaldo cruzou, Gustavo Henrique vacilou e o centroavante guardou.

Nos minutos finais, a partida ficou aberta. Aos 43, Jean Lucas chutou para nova defesa de Rodolfo. Na sequência, o Santos administrou o resultado e voltou a conseguir três pontos.