Corinthians controla o Lara, vence de novo e avança na Sul-Americana - PORTAL ANGÉLICA - Seu Portal de Notícias

20º min
33º min


Corinthians controla o Lara, vence de novo e avança na Sul-Americana

Publicado em: 30/05/2019 às 18h25

- gazeta esportiva

Júnior Urso comemora o gol do Corinthians (Foto: Manaure Quintero )

O Corinthians conseguiu a sua classificação para as oitavas de final da Copa Sul-Americana na tarde desta quinta-feira, diante do Deportivo Lara, em Cabudare, na Venezuela. Mesmo sem um grande futebol, o time do técnico Fábio Carille abriu o placar com Júnior Urso, ampliou com Sornoza no segundo tempo e, repetindo o 2 a 0 feito na Arena, passou com tranquilidade no mata-mata continental.

Na próxima fase, o Alvinegro espera o vencedor do duelo entre Cerro-URU e Montevideo Wanderers-URU, também nesta quinta-feira. Como o primeiro embate terminou 0 a 0, quem sair vitorioso assegura a vaga para as oitavas de final. O confronto será realizado apenas após a Copa América, em julho.

Até lá, o Timão se volta para a disputa da Copa do Brasil, torneio pelo qual entra em campo na terça-feira, dia 4 de junho, buscando reverter a derrota por 1 a 0 sofrida para o Flamengo, em casa. O embate está marcado para as 21h30 (de Brasília), no Maracanã. No Brasileiro, a equipe só torna a atuar no dia 8 do mês que vem, contra o Cruzeiro.

Lara domina, mas Urso resolve

O Corinthians entrou em campo aparentemente pouco interessando em pressionar o adversário, confortável por ter vencido por 2 a 0 em Itaquera. O Timão viu os venezuelanos terem quatro chances de gol em apenas 20 minutos, sendo a principal delas um chute de Moreno dentro da pequena área. O centroavante, porém, desperdiçou a oportunidade ao mandar ao lado do gol.

Cássio cobrou os companheiros, tomou o seu tempo nas reposições de bola e conseguiu esfriar o time da casa. O Timão, postado com Jadson e Sornoza pela primeira vez desde a derrota para a Chapecoense, pela Copa do Brasil, custou a trocar passes no meio-campo, mas pressionou em um esforço individual de Vagner Love e Júnior Urso. O volante, por sinal, acabou premiado com o gol.

Depois de sofrer falta na intermediária, ele foi à frente e, de coxa, desviou a cobrança de Jadson. O gol freou a empolgação dos donos da casa, que só ameaçaram em chegadas de fora da área. Cássio, com tranquilidade, fez outras duas defesas seguras e manteve o 1 a 0 no placar para o intervalo.

O Corinthians voltou para o segundo tempo muito mais ligado e poderia ter aberto o placar logo de cara, quando Fagner cruzou para Vagner Love cabecear, mas Salazar espalmou. Pouco depois, porém, o Lara não teve chance. Com muito espaço, Fagner recebeu na direita, chegou à linha de fundo e tocou para trás. Sornoza, na marca do pênalti, chutou forte de direita e ampliou o marcador.

O Lara, claramente desmotivado pelo 2 a 0, passou a dar muitos espaços e uma avenida pela direita do ataque corintiano. Fagner subiu bastante e, em um dos lances, colocou em risco sua participação na Copa América. Depois de desarmar Vargas, foi ao chão com dores no músculo posterior da coxa esquerda e acabou substituído por Michel Macedo.

O Alvinegro, com todas as substituições feitas e bastante tempo no relógio, passou a administrar a vantagem dali para frente, diminuindo o número de contra-ataques e concentrando a entrada da sua área para evitar qualquer surpresa. Dali até o final do jogo, os únicos lances dignos de registro foram dois chutes de fora da área que Cássio defendeu com segurança.