Após briga intensa entre candidatos, Edson Moraes é eleito novo prefeito de Miranda

Ele teve mais de 60% dos votos e fica no cargo até 2020


Em meio a acusações mútuas de compra de votos e fake news, a eleição para o cargo de prefeito de Miranda foi decidida neste domingo (6). O interino Edson Moraes (Patriotas) vai permanecer no cargo até 2020.

Edson assumiu a prefeitura após a prefeita Marlene Bossay (MDB) e o vice Adailton Rojo (PTB) serem cassados por compra de votos.

O interino teve 63,01% dos votos. O segundo candidato mais votado foi o vereador Valter Ferreira (DEM), o Nego 31,26%. Seguido do vereador Jorginho Cordella (SD), com apenas 3,70% dos votos.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE