IVINHEMA: Vereador denuncia maquinário da prefeitura trabalhando em propriedade particular


O vereador Zé Visconde relatou ter recebido uma denúncia de que uma máquina da prefeitura de Ivinhema estaria trabalhando em uma estrada particular na Fazenda São José do assentamento São Sebastião.

Conforme apurou o site Ivinotícias após a referida denúncia o vereador imediatamente se deslocou até a fazenda e se deparou com os veículos públicos trabalhando no local entre eles pá carregadeira, moto niveladora, dois caminhões basculantes e um caminhão de abastecimento. 

O vereador em seu dever de fiscalizar e representar a população procurou a nossa redação para que colocasse a situação a conhecimento geral, pois essa conduta configuraria obviamente em improbidade administrativa (art. 9º, IV, da Lei n. 8.429/92): Art. 9° IV - utilizar, em obra ou serviço particular, veículos, máquinas, equipamentos ou material de qualquer natureza, de propriedade ou à disposição de qualquer das entidades mencionadas no art. 1° desta lei, bem como o trabalho de servidores públicos, empregados ou terceiros contratados por essas entidades;

 “O distrito de Amandina encontra-se em situação caótica e já não tem tanto recursos financeiros assim, não podemos deixar esse pouco recurso sair dos cofres públicos para fins estritamente particulares. Não podemos permitir que essa prática continue acontecendo, pois existem vários pontos da cidade precisando deste tipo de serviço”, declarou o vereador. 

OUTRO LADO 

A reportagem do Site Ivinotícias entrou em contato com o secretário municipal de obras Adalberto Frésca, que destacou que o vereador esta se equivocando. 

Confira na íntegra sua declaração a respeito dessa situação:

“A prefeitura de Ivinhema através da secretária de obras iniciou hoje a tarde e vai encerrar amanha o cascalhamento atendendo pedido de um arrendatário que como contra partida esta recuperando os pontos críticos da estrada da fazenda, novidade usada pela população e o arrendatário R.B fará a doação de vários caminhões de cascalho para Amandina. Vale frisar que esse arrendatário colhe anualmente cerca de 102 mil saca de soja e 140 mil sacas de milho o que gera aproximadamente 9 milhões de reais,  gerando impostos e  esse ano o milho já será armazenado na Copasul do distrito de Amandina, que gera hoje cerca de 40 empregos. Assim a secretaria de obras tem procurado atender a todos os pequenos produtores da melhor maneira possível e não podíamos deixar de atender esse arrendatário que também esta contribuindo para melhorias para nosso município com a doação de cascalhos como já foi dito.”



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE