Facebook mantém perfis de bolsonaristas e Alexandre de Moraes reage com multa milionária

Ministro também intimou o presidente da rede social a depor

| TOP MíDIA NEWS/THIAGO DE SOUZA


Crédito: Sérgio Lima - Poder 360

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, aplicou, nesta sexta-feira (31), multa de R$ 1,9 milhão ao Facebook. A medida foi uma reação à rede social, que se negou a tirar perfis de bolsonaristas de contas hospedadas em sites fora do Brasil. 

De acordo com a decisão mais recente, além da multa, Moraes intimou o presidente do Facebook a depor e mais R$ 100 mil de multa diária e por perfil que não for retirado do ar internacionalmente. 

Moraes havia ordenado que o Twitter e o Facebook cumpram integralmente a decisão da última 6ª feira (27.jul), que determinou a suspensão das contas de 16 pessoas investigadas no inquérito das fake news.

O Facebook afirmou nesta 6ª feira (31.jul) que recorrerá da decisão do ministro. O Twitter também respeitou a decisão, mas anunciou na 5ª feira (30.jul) que contestará.

“Embora não caiba ao Twitter defender a legalidade do conteúdo postado ou a conduta das pessoas impactadas pela referida ordem, a empresa considera a determinação desproporcional sob a ótica do regime de liberdade de expressão vigente no Brasil e, por isso, irá recorrer da decisão de bloqueio”, afirmou, em nota.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE