Eduardo Pazuello será efetivado como ministro da Saúde

Medida ocorre cerca de 100 dias depois da chegada dele à Pasta

| TOP MíDIA NEWS/THIAGO DE SOUZA


Crédito: José Dias - PR

O general Eduardo Pazuello será efetivado como ministro da Saúde, na próxima quarta-feira (14), pelo presidente Jair Bolsonaro. A medida ocorre após mais de 100 dias sem um ministro efetivo. 

Conforme a IstoÉ obteve com o G1, os convites para a cerimônia de posse de Pazuello já começaram a ser distribuídos para autoridades nesta segunda-feira. 

Pazuelo entrou no lugar de Nelson Teich, que pediu demissão em junho. Depois de 20 dias, ele foi nomeado como interino. 

Desde então, o militar é o responsável pelas estratégias do governo federal de enfrentamento da pandemia da Covid-19.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE