MS registra 78.360 casos confirmados e soma 1.518 mortes por coronavírus

Foram 417 confirmações e 6 mortes nas últimas 24 horas

| MIDIAMAX


Foto: Marcos Ermínio/Midiamax

Mato Grosso do Sul já soma 78.360 casos confirmados de Covid-19, com 417 novos registros nesta quarta-feira (21). Foram registradas seis mortes nas últimas 24 horas, conforme o boletim epidemiológico do novo coronavírus, apresentado diariamente pela SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Com bases nos números, a média móvel no Estado foi calculada em 399,9 casos por dia, nos últimos 7 dias. O boletim traz que nas últimas 24 horas foram registrados 6 óbitos, elevando o total de vítimas fatais em MS para 1.518 e a média móvel em 7,7 óbitos por dia, nos últimos 7 dias, além de taxa de letalidade de 1,9%. 

Os novos óbitos foram registrados em Aquidauana, Dourados, Campo Grande, Japorã e Costa Rica. O caso da Capital chama a atenção, por ser uma adolescente de 15 anos. 

A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 306.015 casos notificados, dos quais 223.583 foram descartados. Há 520 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 3.552  casos sem encerramento pelos municípios.

Os novos casos de hoje trazem Campo Grande à frente, com 143 novos casos, seguida por Corumbá (48), Dourados (29), Três Lagoas (29), dentre outros. Confira a tabela na galeria abaixo para mais detalhes e demais localidades.

Dos 78.360 casos confirmados em MS, 72.468 já estão recuperados. Em relação às internações, MS tem 322 pacientes internados, além de 5 pacientes de outros estados que não são contabilizados como confirmados de MS. Destes 161 estão em leitos clínicos (99 públicos e 62  privados) e 166 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 114 estão em leitos públicos e 52 em privados.

A taxa de ocupação de leitos de UTI públicos global nas 4 macrorregiões de MS é de: 70% em Campo Grande, 62% em Dourados, 32% em Três Lagoas e 78% em Corumbá. A taxa de contágio está calculada em 0,93 – a meta da SES é manter uma taxa menor que 1, que significa controle da doença.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE