Dono de Porsche que perdoou dívida após bilhete é de Nova Andradina

Após arranhar veículo, jovem deixa bilhete com contato


O psicólogo José Carlos Pimenta Filho e o assistente de apoio Matheus Inácio Souza estamparam as capas dos principais jornais do Brasil após uma atitude rara nos dias de hoje. O caso aconteceu em Florianópolis (SC).

Matheus, de 21 anos, procurava uma vaga para estacionar quando provocou uma pequena colisão no carro de luxo do psicólogo, um Porsche. Sem localizar o dono, o rapaz deixou um bilhete escrito à mão, se desculpando e com o seu telefone de contato. 

A atitude do jovem surpreendeu Carlos Pimenta, que perdoou a dívida de Matheus. “Na verdade foi só um arranhão, em uma rua em que, provavelmente, ninguém viu o que aconteceu. Matheus não tinha motivo nenhum para ter essa atitude, foi só uma questão de ética. Temos que valorizar esse tipo de prática”, descreveu o psicólogo ao “G1”

O caso já é conhecido em todo o país, mas o que poucos sabem é que o psicólogo cresceu em Nova Andradina. Seu pai, José Carlos Pimenta, mais conhecido na cidade como Pimenta, foi proprietário de uma casa de ferragens no município. Os filhos do psicólogo também cresceram e estudaram na cidade. 

Matheus diz que Deus estava com ele e mostrou o que fazer - Foto: Matheus Souza/Arquivo Pessoal

"Depois, uma outra hora, se por algum motivo eu encostar o para-choque ou for fazer alguma coisa por algum motivo, eu faço um polimento, sai tudo. Por enquanto vou deixar assim. Não tenho muito apego com isso", concluiu o psicólogo.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE