Governo dobra o valor do Bolsa Família no Rio de Janeiro


Lares com jovens entre 12 e 29 anos, no Rio de Janeiro, inscritos no Bolsa Família receberão o dobro do valor do benefício, desde que os jovens estejam em atividades no contraturno dos estudos. A medida é temporária e tem o objetivo de amenizar os efeitos da crise enfrentada pelo Estado.

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, a intenção é oferecer aos jovens capacitação em informática, por meio de parcerias com empresas de tecnologia da informação, além de atividades esportivas, cursos de qualificação profissional, inclusão digital e incentivo ao empreendedorismo.

As ações começarão pelos complexos do Alemão, Penha, Lins, Chapadão e Maré, além da Cidade de Deus e Vila Kennedy. O governo federal estima que 50 mil jovens sejam beneficiados com a ação.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE