IVINHEMA: Por 6 a 4, Adimilson Fotografo é eleito presidente da Câmara (Vídeo)


O vereador Adimilson Fotografo (PSDB) foi eleito presidente da câmara municipal de Ivinhema, após o afastamento do vereador Junior do Posto (PPS) que esta realizando um tratamento de saúde.

Conforme apurou o Site Ivinoticias, foram inscritos os candidatos Dr. Messias Furtado (PP), Adimilson Fotografo (PSDB) e Valter Petreli (PMDB) durante a manhã de segunda-feira (25), mas a tarde o vereador Valter Petreli desistiu de concorrer. Já na sessão a eleição ficou 6 a 4 para Adimilson Fotografo, que ficará com um mandato de aproximadamente 1 ano e 3 meses.

‘JUDAS’

Após a eleição, nas explicações finais o grupo de apoio ao vereador Dr. Messias, Composto por Juliano Ferro, Márcio Alves e Estefan, iniciaram o discurso de que houve traição na votação e que o vereador Gersinho traiu o grupo ao votar em Adimilson Fotografo.

Por outro lado, Gersinho rebateu o grupo e destacou que por questões partidárias não votou do Dr. Messias, principalmente do fato em que ele entrou na justiça para tirar a vaga do companheiro de campanha Dema, “não houve traição, eu convoquei todos em uma reunião antes da eleição e comuniquei que não votaria no senhor (Dr. Messias)”, destacou Gersinho, ainda salientou que “eu votei de consciência tranquila, não me vendi e muita gente pode falar amanhã nos faces da vida que o vereador Gerson se vendeu, muito pelo contrario ninguém se quer me ofereceu um centavo, e que o voto é democrático e espera que todos respeitem a sua decisão”, disse o vereador.

‘QUANDO JÚNIOR VOLTAR RENUNCIO’

Já em seu discurso e também para a reportagem do Site Ivinoticias, o vereador Adimilson Fotografo agradeceu a maioria dos votos e salientou que “agora vamos estar trabalhando pelos 11 vereadores e em prol a sociedade de Ivinhema”.

Apesar de muita discussão e briga pelo cargo, Adimilson fez um compromisso, “vamos estar rezando pelo nosso amigo Junior, Deus esta abençoando e esta recuperando, ele voltando para o município de Ivinhema e se recuperando eu vou devolver o cargo a ele, renuncio o cargo de presidente e faremos uma nova eleição para eleger ele de novo presidente”, finalizou Adimilson.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE