MP investiga Câmara sobre pagamento de diárias


O MPE (Ministério Público Estadual) instaurou inquérito civil para apurar um possível pagamento de diárias indevidas por parte da Câmara de Dourados aos vereadores da atual legislatura. 

A ação é movida pelo promotor Ricardo Rotunno, da 16ª Promotoria de Justiça. 

De acordo com o processo aberto no dia 20 de setembro, o MP fez o pedido para que em 20 dias, a presidente da Casa, Daniela Hall (PSD), encaminhe cópia de todos os procedimentos administrativos realizados no ano e que incorreram em pagamento de diárias, acompanhado pela prestação de contas. 

Além disso, também se solicitou um estudo de impacto financeiro causado na folha de pagamento em razão do pagamento dessas verbas indenizatórias. 


No portal da transparência da Câmara, consta de janeiro a setembro o repasse de R$ 55.295 mil em diárias aos legisladores. 

A assessoria de imprensa informou que a Casa só vai se posicionar sobre o assunto após ser notificada pelo Ministério Público.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE