Hulk celebra vitória do Atlético-MG, mas pede calma para jogo de volta: “Não tem nada ganho”

| GAZETA ESPORTIVA


Foto: Pedro Souza/Atlético-MG

Na noite desta quarta-feira, o Atlético-MG saiu na frente na briga por vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. No Mineirão, a equipe de Antonio Mohamed bateu o Flamengo por 2 a 1 e joga pelo empate no duelo de volta. Autor do primeiro gol do jogo, marcado no primeiro tempo, Hulk avaliou a vitória alvinegra.

'A gente sabe que a vantagem é mínima, se tratando de um grande time. Sabemos também a importância de ganhar o primeiro jogo. No segundo, vamos entrar concentrados, dar o nosso melhor', disse em entrevista ao SporTV, após a partida.

O atacante do Alvinegro também 'respondeu' a uma das falas do atacante do Flamengo, Gabigol, após a partida, que disse que no Maracanã 'eles vão conhecer o que é pressão e o que é inferno'.

'Estamos acostumados a jogar em grandes ambientes. Somos jogadores experientes, jogadores de seleção, cascudos. Então, não tem nenhum menino para enfrentar a pressão que for', declarou o camisa 7.

Por fim, Hulk pediu calma para o jogo de volta, mesmo com o placar favorável. 'O mais importante é fazer o que professor pede e entrar concentrado, dar o meu melhor. É bom deixar bem claro que não tem nada ganho ainda, está encaminhada uma parte e temos a segunda para garantir a vaga para a próxima fase', concluiu.

Antes de voltaram a se enfrentar no jogo de volta, que acontece no dia 13 de julgo, Flamengo e Atlético-MG voltam as atenções para o Brasileirão neste sábado. O rubro-negro enfrenta o América-MG, enquanto a equipe mineira duela com o Fortaleza.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE