Edson e Hudson celebram: 'Estamos mais unidos do que nunca' - PORTAL ANGÉLICA - Seu Portal de Notícias

23º min
37º min


Edson e Hudson celebram: 'Estamos mais unidos do que nunca'

Enterrando as brigas do passado, irmãos sertanejos comemoram o bom momento lançando o DVD ao vivo Eu e Você de Novo

Publicado em: 14/05/2018 às 14h18

- r7

Edson e Hudson comemoram a boa fase com novo DVD. Divulgação/Thiago Duran
 

Edson e Hudson ultrapassam 20 anos de carreira mostrando amadurecimento artístico e pessoal. No DVD Eu e Você de Novo, os irmãos celebram que estão mais unidos do que nunca. A briga, que causou a separação da dupla no passado, hoje é exemplo de superação familiar.

Nesse meio tempo, Hudson passou por reabilitação para tratar vícios em drogas e foi pai novamente. Ele mesmo confirma a boa fase.

— Hoje entendemos muitas coisas, superamos dificuldades e temos mais entendimento para tudo. E, quando a família cresce, nosso amor também aumenta.

Edson e Hudson registraram o DVD em Goiânia. Divulgação/Erick Oelk

— É como se pudéssemos dizer muito obrigado por tudo o que aconteceu com a gente, homenagear nosso pai de alguma forma e voltar às raízes.

"Superamos dificuldades e hoje temos mais entendimento para tudo"
Hudson

R7 conversou com a dupla para saber mais detalhes dos bastidores do DVD. Veja os destaques do bate-papo.

R7 — O DVD é uma forma de festejar a carreira e o amor entre os irmãos?
Edson — 
Essa é a hora de celebrar nosso ótimo momento com os fãs. E o título já diz tudo: Eu e Você de Novo! Somos nós, mais unidos do que nunca, como irmãos e parceiros profissionais. Esse registro retrata a maturidade da dupla.

R7 — E, nesse período, ainda surgiram novos integrantes na família, como a filha do Hudson.
Hudson — 
Hoje entendemos muitas coisas, superamos dificuldades e temos mais entendimento para tudo. E, quando a família cresce, nosso amor também aumenta.

Luan Santana fez participação especial no DVD da dupla. Divulgação/Erick Oelk

R7 — Gravar o DVD em Goiânia foi importante para vocês?
Hudson — 
Foi em Goiânia onde tudo aconteceu! Nosso pai formou a dupla Pep e Pupi na cidade. E foi lá que fizemos as nossas primeiras apresentações, então a escolha foi pessoal. É como se pudéssemos dizer muito obrigado por tudo o que aconteceu com a gente, homenagear o nosso pai de alguma forma e voltar às raízes.

"Somos uma dupla sertaneja com atitude rock’n´roll"
Hudson

R7 — E como foi montar o repertório diante de tantos sucessos?
Hudson — 
Foi muito difícil! Mas, dessa vez, além daquelas músicas que nunca podem faltar no show, escolhemos sucessos que não haviam entrado nos outros DVDs, como A Força da PaixãoCiúme ExageradoMil Razões Para ChorarVai e Vem.

R7 — A gravação ao vivo destaca ainda mais o lado rock de vocês?
Hudson — 
Costumamos dizer que somos uma dupla sertaneja com atitude rock’n´roll. A nossa pegada, desde sempre, foi muito particular. É isso que você vê no DVD...

Jorge e Mateus também prestigiaram os amigos. Divulgação/Thiago Duran

R7 — E o Hudson usou sete guitarras diferentes no DVD. O instrumento, que é um grande símbolo do rock, também deve contribuir para o som de vocês.
Edson — 
Na verdade, nós dois gostamos de rock. Essa mistura com o sertanejo é nossa marca registrada e abriu espaço para outras duplas, como Jorge e Mateus e Fernando e Sorocaba. A escolha das guitarras se baseia em produzir um timbre novo para cada canção apresentada. Nós dois participamos da produção musical, onde damos nossos "pitacos".

R7 — Vocês gravaram canções inéditas no DVD?
Edson — 
Das 24 faixas apresentadas, 9 são inéditas. E tem muita gente boa que nos trouxe de presente composições maravilhosas, como Luan Santana e Douglas Cesar, em Nosso Contrato. Essa é nossa nova música de trabalho e já está entre as mais tocadas do País. Lauana Prado, excelente compositora, gravou a nova Quando Me Beija e também nos deu Quero Ver Me Tirar da sua Vida. Já Marca de Batom é uma canção de Cristian Luz. Trair é Bom, Mas é Pecado foi a única inédita assinada por mim ao lado dos parceiros Alê Monteiro, Waléria Leão, Fátima Leão e Felipe.

A jovem Launa Prado brilhou ao lado dos ídolos. Divulgação/Erick Oelk

R7 — Como vocês escolheram os convidados especiais?
Hudson — 
Trouxemos três participações inéditas de cantores que, assim como nós, priorizam a qualidade do que gravam. São artistas que admiramos muito. Com Luan Santana gravamos Foi Deus, a pedido dele. Com Jorge e Mateus, companheiros de tantos anos, dividimos Esqueça Que Eu Te Amo e Deixa Eu Te Amar. E a Lauana Prado chegou verdadeiramente como um presente. Com a cantora, gravamos Quando Me Beija, que traz uma letra dela muito intensa. Lauana é forte, afinada e determinada.