Combustível não reduziu de preço? É hora de denunciar! - PORTAL ANGÉLICA - Seu Portal de Notícias

24º min
37º min


Combustível não reduziu de preço? É hora de denunciar!

Pedido é do próprio governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja

Publicado em: 13/11/2018 às 07h10

Rodson Willyams - topmidianews

Foto: Wesley Ortiz

Está na hora dos postos de combustíveis reduzirem os preços, pelo menos do diesel. Essa é a opinião do governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB). Se não baixar o preço, é hora do consumidor denunciar.

Azambuja afirmou, nesta segunda-feira (12), que o Procon (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) terá que aumentar a fiscalização para que a redução na alíquota do óleo diesel chegue nas bombas dos postos de combustíveis urbanos.

Desde o dia 1º de junho, há cinco meses, o Governo do Estado promoveu a redução no ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), de 17% para 12%.

"O que nós constatamos foi que houve uma redução nos postos de BR diferente dos postos urbanos. Neste caso, cabe ao Procon garantir que haja uma redução maior nas bombas", explicou o governador.

Ainda assim, Azambuja garantiu que a lei que prevê a redução do ICMS do diesel deve ser mantida. "A redução vai continuar em 2019, 2020", finaliza.