Segunda-feira, 19 de agosto de 2019

IVINHEMA: WhatsApp clonado faz uma vítima no município e dezenas na região

Publicado em: 19/06/2019 às 11h16

IVINOTICIAS

É comum conhecermos amigos que já tiveram o número de celular ou o cartão de crédito clonado. Com o uso cada vez maior de aplicativos de mensagens, cresce também a preocupação de que o WhatsApp também possa ser clonado e sofrer do mesmo mal.

Aqui em Ivinhema já houve 1 caso de clonagem de celular registrado na policia civil nesta última semana, mas ainda esta sendo investigado pelo setor responsável. A polícia vai apurar os fatos e confirmar se houve tentativa de golpe.

Na região do vale do Ivinhema, foi registrado nesta terça-feira (18), em Nova Andradina, um homem, de 31 anos, que teve seu celular clonado e, em seguida o golpista começou a enviar as mensagens aos amigos pedindo dinheiro.

Conforme a ocorrência, diversas pessoas do contato da vítima ligaram falando que estavam recebendo mensagens via WhatsApp do seu número de celular. O golpe ocorreu de tal forma: a vítima recebeu um código de confirmação de instalação de WhatsApp em seu telefone via SMS e acabou repassando ao golpista, que lhe enviou mensagem pedindo tal código, alegando que era do site Webmotors na qual a vítima possuí um anúncio.


A vítima ao repassar o código, percebeu que seu aplicativo já não funcionava mais, e que outra pessoa fazia uso de sua conta WhatsApp, usando para enviar mensagem a diversos contatos de sua agenda pedindo dinheiro.

 Veja abaixo quais passos seguir para tentar resolver recuperar a sua conta no WhatsApp: 

1 - Entre em contato com a operadora de telefonia e solicite a suspensão temporária da linha telefônica, o procedimento é o mesmo quando o celular é perdido - a linha deixa de funcionar em minutos.

2 - Vá pessoalmente numa loja autorizada da empresa de telefonia, apresente os documentos legais do titular da conta e solicite a transferência da linha telefônica para um novo chip - esse procedimento é feito na hora.

3 - Envie um e-mail para essa conta support@whatsapp.com com a seguinte frase: "Perdido/Roubado: Por favor, desative minha conta" no corpo do e-mail. Informe o número de telefone no formato internacional +55 9 xxx xxx xxxx. A conta do WhatsApp permanecerá desativada durante trinta dias para que você consiga reativá-la, após esse prazo ela será apagada definitivamente.

4 - Depois que a linha estiver ativa novamente, reinstale o aplicativo do WhatsApp e configure a sua conta. Será necessário informar o código de verificação de duas etapas, solicite a recuperação do código através de mensagem por SMS. O celular que está com a sua conta ativa não receberá esse código porque a linha telefônica foi desativada.

5 - Habilite a autenticação em duas etapas e informe a sua conta de e-mail pessoal para o procedimento de segurança. 

De acordo com o delegado da SIG (Seção de Investigações Gerais) Rafael de Souza Carvalho, os criminosos enviam para as vítimas, enquanto tentam acessar o aplicativo com o número delas. O WhatsApp solicita um código de verificação, que é enviado por SMS, e os criminosos pedem que a vítima informe esse número para que eles possam ter controle da conta.


Geralmente eles alegam que é para a vítima entrar num grupo fechado da própria cidade ou muitas vezes eles aplicam engenharia social, que é se passar por alguma empresa de renome para pedir o número de verificação de autenticidade da conta para conseguir o acesso ao WhatsApp e poder conversar com os contatos da pessoa e ver os grupos em que ela está.


Em outros casos, empresários tiveram seus celulares hackeados e os criminosos pediram dinheiro para os amigos dos contatos, que até houve os depósitos e transferência, mas assim que descobriram o golpe, conseguiram reaver o dinheiro da transação bancária.